DEMOCRACIA ROUBADA-uma discussão em prol da Paz

Hj aconteceu no Globo o debate sobre "Democracia roubada-os brasileiros que ainda vivem na ditadura", com Paulo Motta como mediador do debate, e eu vou tentar contar para vcs um pouquinho do que aconteceu nessa tão relevante discussão.Começou com Jailson de Souza e Silva palestrando sobre o cotidiano das favelas do Rio.Jailson falou de como é difícil a vida daqueles que vivem no meio de uma guerra e criticou o uso do caveirão nas favelas.Em seguida, Victória Grabois do movimento "Tortura nunca mais" demonstrou como acontece o trabalho do Tortura nunca mais e relatou alguns fatos acontecidos na ditadura e de como esta é semelhante à vida daqueles que vivem em comunidades pobres.Depois foi a vez do sociólogo e professor da PUC-Rio Marcelo Burgos, que palestrou sobre a condição cultural da favela em nosso país e como este poder foi imposto socialmente.Marcelo ainda diferenciou os conceitos de violência, armamento e narcotráfico.Para mim uma das melhores posições do debate porque exemplificou cada um destes conceitos, como o fato de não ser respeitado num grupo como ato de violência, o armamento seria o poder bélico propriamente dito.Para o professor Marcelo devemos combater primeiro a violência, ou seja o desrespeito, para depois combater o armamento.E por fim, o secretário de inteligência do Estado do Rio Edval Novaes foi quem palestrou demonstrando os índices de violência no decorrer dos anos, e ao contrário de Jailson defendeu o uso do caveirão pela polícia, justificando que sem ele a polícia não conseguiria entrar nas favelas.Em resumo a tudo isso, o mediador Paulo Motta fez uma pergunta muito interessante:Se o que torna o estado do Rio perigoso é justamente seu poder bélico então porque se fala tanto em bala perdida mas não há feridos de granada?Este ponto Edval Novaes responde dizendo que a granada não tem feito parte deste confronto mas que há notícias de feridos com granada…agora era só o que faltava termos por aí "Granada perdida"!

Patrícia Fields.

Esse post foi publicado em DIREITOS. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s