ATÉ ONDE VAI?

A Itália aceitou na sexta-feira passada retirar do mercado o queijo muçarela(vulgo muzzarella) fabricado com leite de búfala suspeito de contaminação com dioxina, para evitar sanções da União Européia.Viu?Parece que não é só no Brasil que o leite têm sido contaminado…já virou moda.Agora,o que é dioxina,hein?Já prevendo o pior,perguntei,perguntei e eureca!Descobrí tudo sobre a misteriosa dioxina.Bom,para começar a dioxina surgiu como arma química, e não como alimento ou conservante, usada pelos americanos na II Guerra Mundial. Era chamada tb de LM. A intenção dos americanos(e sempre os americanos) era liberar essa substância nas lavouras dos japoneses. Entretanto, eles optaram por lançar a bomba atômica, em Nagasaki, no ano de 1945(lembram deste fato?)Com o fim da guerra após a bomba atômica, não havia mais a necessidade de usar a dioxina como armamento bélico, passando então a ser direcionada para a indústria química, onde foi principalmente utilizada na forma de defensivos agrícolas. Assim, de agente exterminador, a dioxina transformou-se em tecnologia de modernização da agricultura. Seu uso diversificou-se: a tecnologia do cloro combinado com carbono passou ser utilizada em várias áreas – tratamento da água potável, cosméticos, alvejantes, papel branqueado com cloro.Para vcs terem uma idéia, a dioxina é hoje considerada a mais violenta substância criada pelo homem; seu grau de periculosidade ultrapassa até o urânio e o plutônio!(ui,que perigo!)Mais uma prova do quanto o ser humano prejudica a si próprio…Até onde vai nossa humanidade?Tisc, tisc.Agora a pergunta que não quer calar é:Como a dioxina foi parar nos alimentos?Bom, eu tenho uma teoria, provavelmente búfalos se alimentaram de gramas regadas à dioxina…que tal?Quanta insanidade!Bem que minha vó já me dizia que hj em dia a gente só come veneno.rsrsrs

E para completar tanta insanidade, os funkeiros que fizeram a música "Tapinha não dói" foram processados.É que segundo as autoridades a música incita à violência contra a mulher, incentivando os homens a baterem em mulher e denegrindo a imagem de todas as mulheres(concordo…)O autor afirma que não fez a música com este viés(será?)mas pensemos um pouco:este não é o único single funk de duplo sentido, não é?Então, quero que vcs pensem: que outros funks tb correm o risco de suscitar interpretações desrespeitosas?Opine!

Patrícia Fields.

Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s