LEITURA COMENTADA

A Rocco "bolou" a coleção ArteMídia,que consiste em ter filmes clássicos resenhados,por escritores de sua escolha.Foi assim que chegou às minhas mãos,"O Mágico de Oz" por Salman Rushdie.

"The Wizard of Oz",é um dos filmes que mais gosto!Confesso que fiquei curiosa,pra saber o que o polêmico Salman Rushdie escreveria sobre a mesma.Como seria sua leitura comentada…

Se entendi bem,ele aponta uma série de falhas,que ao meu ver leigo(não sou uma cinéfila professional,sou apenas alguém que assiste o filme pra ser "tocada" por ele de alguma forma)não atrapalha a magia do filme.

Talvez o melhor da resenha de S.Rusdhie,seja o descortinar dos bastidores…Uma série de dificuldades ele conta,cercou o filme,como alias qualquer projeto que envolva criação.

Quando se tem a iniciativa pra começar algo,pode-se esperar sempre por muita "ralação",né não?

No filme "O Mágico de Oz" não foi diferente,teve gente que não queria Judy Garland como Dorothy Gale…pois ela,além de emocionar logo de inicio cantando "Over the Rainbow",ainda faturou um Prêmio Especial no Oscar deste ano!

Conta também que outras canções criadas para o filme,tiveram apenas os seus personagens preservados.Será que eram igualmente bonitas?

O livro também revela que na verdade,Buddy Ebsen seria o Espantalho,mais teve que trocar de papel com Ray Bolger que não queria de jeito nenhum ser:o Homem de Lata.Ué,por que será?

Logo B.Ebsen,abandonou o papel devido à envenenamento de amianto,pelo uso da roupa do personagem.Jack Haley afinal foi o Homem de Lata.

Margaret Hamilton (Miss Gulch / A feiticeira Má)se queimou durante a filmagem,e o Totó era na verdade uma cadela chamada Terry…rsrsrs

Nenhuma dessas revelações(existem muito mais no livro) abalaram minha opinião sobre o filme!

Continuo achando-o de um simbolismo incrivel pra vida de qualquer um de nós…Dorothy acreditava na magia da caminhada,tinha fé que tudo podia ser solucionado de forma justa!

Dorothy queria ser feliz,realizar seu sonho de salvar o Totó(que bem pode ser a gente tentando salvar os nossos sonhos,vuduzados por pessoas nefastas como a Miss Gulch,né não?)e ainda ter amigos sinceros como:o Espantalho,o Homem de Lata e o Leão Covarde.

Não importava para Dorothy se os seus amigos não eram perfeitos e tinham defeitos…quem não os têm?

Se o Espantalho queria ter um cérebro,por quê não torcer por ele?

Se o Homem de Lata queria ter um coração,por quê não torcer por ele?

Se o Leão Covarde queria ter coragem,por quê não torcer por ele?

"…eles encarnam uma das mensagens do filme,ou seja,que já possuímos o que mais fervorosamente procuramos…para que esta mensagem tenha o máximo de impacto,porém é necessário aprendermos a inutilidade de buscar soluções externas."

(S.Rushdie em O Mágico de Oz pg. 56)

Por quê Dorothy não seria amiga deles,se tudo que ela queria era voltar para o seu lar?Ela só fugiu pra salvar Totó…

Quantas vezes na vida da gente,a gente também não foge de algumas situações,só pra salvar nossos sonhos mais puros?Nossa verdade,fé e essência não tem preço!

De verdade,tudo o que a gente quer é preservar os amigos que fez pela jornada,salvar nosso "Totó" e voltar para nosso lugar…para o nosso lar.

Será tão dificil assim?Será impossível?

Fugindo pra Oz quando preciso,mas sempre sonhando quando leio os impressos e voltando pra casa com fé em Deus,

Sandra Sclata

Esse post foi publicado em Livros. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s