Não é brinquedo não!

Quase todo dia ouvimos histórias de menores em conflito com qualquer coisa relativa a computador.Os problemas são muitos, mas todos terminam no mesmo ponto: o de que tem sempre alguém tentando enganar…

Engana-se mesmo os pais que acham que o computador pode ser usado como a tv, como uma espécie de distração.

E não é que agora descobriu-se que algumas crianças passam por fortes crises de depressão, agressividade quando não estão jogando games?

É um quadro claro de dependência por games – as crianças em questão se tornam pessoas agressivas e permanecem maior parte do seu dia jogando no computador.

É triste, mas eu penso às vezes se quem cria os games faz ideia do quanto ele pode ser viciante.

Ao mesmo tempo, não dá para responsabilizar um game pela falta de controle…será que um dia o mundo virtual manipulará o mundo real?

Há pouco tempo tb se divulgou que um game passaria a aceitar dinheiro verdadeiro dos jogadores.Ou seja, o que era para ser apenas uma brincadeira,um jogo agora já está parecendo mais uma banca de apostas, um bingo, um cassino.

Joga-se os dados, quem perder paga e, como será que as crianças vão pagar mais essa?

Com suas mentes perturbadas de psiquês agressivas…se vc não se importa, cuidado!

Estas crianças vão crescer, e quando o seu olhar desviar do game, qualquer um pode ser o seu alvo, qualquer um vai ser o culpado por ela não conseguir parar de jogar.

Patrícia Fields

Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s