A VIDA TEM DESSAS COISAS

Estive no Teatro Rival pra tietar um artista marcante e presente aqui neste blog.

De quem eu estou falando?Dele:

Ritchie que foi a Rareza de janeiro de 2009.Alguém se lembra?

Quando nós: As Minas,o escolhemos pra hit homenageado do mês,jamais poderíamos supor que um dia estaríamos as duas,assistindo ao seu show e prestes a ouvir/curtir seu novo trabalho.

É…A vida tem dessas coisas…essas gratas surpresas que a gente recebe como um verdadeiro presente!

Dificil sair numa segundona?Pode até ser…Mas pra curtir Ritchie,qualquer dia tá valendo!

Corre daqui,corre de lá…Pontualmente estavamos lá para gravação de “Outra Vez – Ao Vivo no Estudio” para o Palco MPB (que você pode ouvir hoje na rádio 90,3FM às 20h).

Eu tava tão feliz e emocionada,que nem senti o tempo passar…Me pareceu uma volta no túnel do tempo,com Ritchie cantando suas composições e parcerias que sempre foram notáveis!

A nova canção de trabalho,uma parceria dele com Arnaldo Antunes chama-se “Outra Vez” e dá título ao cd,dvd e ao blu-ray(primeiro gravado e lançado aqui no nosso Brasilzão).

Caso você ainda não a conheça,posso lhe assegurar:é linda!

 

Canção e letra,tem uma harmonia tranquila,mas ao mesmo tempo profundamente marcante!

Ritchie deu à canção uma interpretação a justa medida…do jeito que ele sempre soube fazer com todo seu repertório.

Sua banda é sintonizada com ele com perfeição.Ele mesmo se reveza com:flauta,violão e voz.

Rolou também a participação especial de Rodrigo Sha trazendo seu talentoso sax para canções que a plateia delirou:

-Só pra o vento

-Pelo interfone

-Menina Veneno

Foi muita emoção pra todo mundo…Tive uma noite pra lá de especial e tenho que agradecer :

-à Deus pela oportunidade

-ao Ritchie que proporcionou aos seus fãs esse presente(nunca me esquecerei)

-ao Pedro (funcionário que levou meu recado para o Ritchie pedindo um autografo)

-ao Lee que “clicou” nós: As Minas em plena tietagem com Ritchie

À todos vocês: – Valeu mesmo!Obrigada!

Em noites asim,eu sinto que posso ser o que eu quiser:uma Mulher Invisivel ou uma Menina Veneno…Basta apenas acreditar que posso ter/viver um Vôo de Coração,né não?rsrs

“Mas eu só no apartamento

Escrevendo memórias no velho computador

Nas asas do tempo

Vertigem do momento

Vou de coração,meu amor

Vôo de coração…”(canção Vôo de coração,de Ritchie e Bernardo Vilhena)

Curtindo os anos 80 e os que ainda virão,

Sandra Sclata

Esse post foi publicado em Música e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s