O que não poderão cumprir

Você sabia que o avanço tecnológico dos chips pode estar com os seus dias contados?

Bom, mas antes de falar das considerações de Carl Anderson, é importante entender o que é a lei de Moore.

Para vocês terem uma ideia, sabendo ou não o que é, esta lei de Moore revolucionou a vida de muita gente.Todo o tipo de objeto que tem chip, obedece a lei de Moore.A saber:desde câmeras fotográficas, celulares, até computadores.

A lei de Moore consiste em afirmar ou melhor prever que o número de transistores dos chips teria um aumento de 100% pelo mesmo custo, a cada 18 meses.Em outras palavras, os chips irão evoluir sem que aumente de preço.

Esta lei/previsão foi feita por Moore em 1965, e por isso a lei leva o nome deste cientista que começou a diminuir os nanômetros dos chips a cada 18 meses, aumentando a velocidade das máquinas.

Mas por que esta lei está prestes a acabar?

É que os nanômetros dos chips diminuíram tanto, mas tanto, que vai chegar um dia em que será impossível prever a condução de energia dentro deles.Melhor dizendo, corremos o risco de termos partículas tão pequenas nos chips que a condução de energia se torne instável e, até mesmo deixe de funcionar.

Mas não se desespere.Com esta nova previsão catastrófica, os cientistas já estudam a possibilidade de substituir os materiais dos chips por outros e assim manter o semicondutor vivo.O que não poderão talvez cumprir, será a outra parte da lei: a de que o custo será o mesmo.É que todas as opções de substituição saem caras demais.A saber:

  • uma, é a ideia de transmitir energia pela luz;
  • a outra, é transmitir energia pelo carbono.

Isso sem falar que me surge outra dúvida: estes materiais vão combinar com o restante dos materiais de equipamentos, como celular?

Ou vamos correr outros riscos, como o de danificar o equipamento?

Patrícia Fields

Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s