E desde então…

Já ouviram falar da praga do amarelinho?Ou da Clorose variegada dos citros?Pois saiba os dois termos são a mesma coisa e estão com os dias contados.É que a praga do amarelinho se alastra nas plantações, principalmente em laranjais ou melhor dizendo em pés-de-laranja.

A praga do amarelinho foi vista pela primeira vez em 1987, em São Paulo, e desde então, tem feito com que as laranjas fiquem duras e secas mesmo antes do tempo da colheita, o que as torna impróprias para consumo…um grande desperdício!

Mas em 1997, um projeto chamado Genoma decidiu estudar o mapeamento genético da bactéria que causa o amarelinho: a Xylella.E pasmem vocês: o projeto conseguiu terminar este mapeamento e, fez grandes descobertas com isso.Agora, só o que falta é destacar o agente causador da doença de dentro desta sequência e chegar na cura do amarelinho.Espero que consigam!

De qualquer forma, já foi um grande progresso, pois caso você não saiba, a Xylella é a primeira bactéria fitopatogênica a ter sua sequência genética totalmente descoberta – geralmente mapear a sequencia genética de uma bactéria é muito difícil, já que são seres mutáveis e instáveis…

Patrícia Fields

->dica de hoje

Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s