INVERTIDA

Quando eu era criança(faz tempo isso,eu sei!)antes de aprender a ler,eu já gostava que me contassem estórias ou causos/lendas,com lição moral no final então…era demais!Eu cresci(não houve outro jeito,e tô envelhecendo hein!)e ainda curto de montão,ir na roça e ouvir novos causos dos moradores do campo.Adoro tanto ler,quanto ouvir.

Mas não esperava ver/ouvir invertida a estória de “Chapeuzinho Vermelho”,e eu não me refiro à versão do cinema onde o Lobo Mau é um detetive descolado de jornalista.Falo de D.Ismênia,que do alto de seus 70 e poucos anos,é acusada de estelionato.Ao que tudo indica,apesar dela negar veemente,sua filha,seu genro,sua neta e ela davam golpes na praça. Eles possuiam várias identidades falsas e por meio delas,conseguiam emprestimos em financeiras e muitos cartões de crédito pra gastar à perder de vista,quaisquer que fossem o número de parcelas.

Mas por quê uma idosa se prestaria à esse triste papel?O que está acontecendo com as familias?

Bons tempos,onde cãs representavam experiência/sabedoria de vida.Significavam um alto exemplo de como saber viver…Bons tempos em que o Lobo Mau é que era o perigo real e tudo mais não passava de meros contos infantis.

Sandra Sclata

dica de hoje:Confira a reportagem exibida no Fantástico sobre uma familia,onde ninguém está se entendendo.

Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s