VOZES PRÓPRIAS

emoticonfilmeAproveitei um tempo livre para assistir o filme “Faroeste Caboclo” de René Sampaio,com: Fabricio Boliveira(João de Santo Cristo),Isis Valverde(Maria Lucia),Felipe Abib(Jeremias),Cesar Troncoso(Pablo),entre outros.

Com diálogos muito bem construídos pelo escritor Paulo Lins,a canção “Faroeste Caboclo”com letra de Renato Russo,e eternizada no vinil da Legião Urbana,salta para a telona.Eu e todo mundo que conhece bem a canção de nove minutos,já sabíamos que trama/saga estava por desenrolar-se,a questão era como isso se daria…como esses personagens encarnariam em nossas expectativas,com gestos e vozes próprias.Carne e osso.

Fabricio Boliveira deu o tom certo para João de Santo Cristo,jogando na cara de quem quiser ver como é dificil ser pobre,mas ser negro e pobre é muito mais dificil.Não que essas duas caracteristicas combinadas,justifiquem a escolha de uma via errada…criminosa.Mas não se pode negar que essas são as bifurcações da estrada que mais apresentam-se aos negros.Só os mais persistentes,teimosos mesmo,encontram um contorno…uma luz no fim do túnel pra viver dignamente.Honestamente.

Não é fácil…O primo Pablo vai lhe dar uma mãozinha às avessas…familia unida.

João de Santo Cristo cumpriu sem pestanejar,o papel que as desventuras/dificuldades da vida lhe obrigaram.Impuseram-lhe até estupro do seu corpo.Violência de sua alma.

Isis Valverde dá vida à Maria Lucia,uma menina branca,rica e destemida.Ela leva a sua vida com um tédio,mas com um T bem grande…João de Santo Cristo,aquele negro pobre,apresentando-se como carpinteiro,aparece na sua vida como um sonho bom.Como ela poderia recusá-lo?Alguém resiste à chegada de uma paixão ou de um grande amor?

Alias as cenas de sexo entre os dois personagens,não precisavam ser tão extensas,deveriam ter sido suprimidas pra inserir as cenas sobre o seguinte trecho da canção :

“…O povo declarava que João de Santo Cristo

era santo porque sabia morrer

e a alta burguesia da cidade não acreditaram na história que eles viram na tv

e João não conseguiu o que queria quando veio pra Brasilia ,com o diabo ter

ele queria era falar pro presidente

pra ajudar toda essa gente

que só faz sofrer…”

Imagina a cena dos dois no campinho,após o duelo com Jeremias,sendo televisionada?Policia chegando…Os amigos ricos e viciados de Maria Lucia,os viciados clientes de Jeremias e de João,o pai de Maria Lucia…todos vendo em rede nacional o que acontecera!Vendo sua filha ali…o politico(interpretado pelo nosso saudoso ator Marcos Paulo)derramaria uma lágrima triste de frente pra tv,numa cena marcante.Seria mesmo um adeus…

Mais uma divagary minha…blogueira leiga dando pitaco em roteiro alheio…perdoem esta blogueira que vos escreve!

Jeremias maconheiro sem vergonha,é o tipo mais comum que há…dá em cima de tudo quanto é menina,e quando encontra uma que lhe diz um não,fica irado e continua insistindo! Tipo perigoso e que merece sempre ter um triste fim!

Imitará a vida real,um dia, a arte?Foi só uma pergunta…

emoticonnoteSandra Sclata

Esse post foi publicado em FILME, Música, Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s