UMA CARTA

Eu também assisti ao filme “Faroeste Caboclo” com Fabricio Boliveira, Isis Valverde, Felipe Abib, Marcos Paulo, entre outros.Confesso que estava mais interessada nos diálogos e de como tudo foi feito do que na história, já que já sabia o final.A música de Renato Russo é completa, traz em seu interior críticas sociais e a visão de um universo hipócrita.E é justamente por isso, que no fim das contas a música é melhor que o filme…mas a tentativa foi boa.A atuação do saudoso ator Marcos Paulo como pai de Maria Lúcia e, de todos os atores merece meu destaque: se na música alguns personagens nem sequer existiam, no filme tiveram que respirar, andar, dialogar e sofrer.

No filme João do Santo Cristo foi interpretado por um negro, mas eu penso que o João criado por Renato Russo poderia ser um índio…

As cenas sensuais do filme foram exageradamente longas e não amenizaram a violência dessa história.Faroeste Caboclo não é apenas um romance, é um alerta, uma carta de Renato Russo para a sociedade, dizendo: -Veja Brasil como é que você trata os teus filhos!

emoticonfilmePatrícia Fields

Esse post foi publicado em FILME, Música, Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s