VALE A PENA !

Aceitei o convite que GENEROSAMENTE nos foi oferecido para rever a peça teatral “Facínora”,com texto de Bruno Caldeira,e atuação dele com Gustavo Rizzotti.

Um convite desses é irrecusável…É claro que eu e minha irmã gostaríamos de rever Facínora.Tanto texto quanto atuação.

Só que tive uma grata surpresa:Facínora inovou-se!Tudo novo! Bastante mudanças aconteceram:

-cenário novo(desta vez não fotografei,quer ver?Vai lá conferir de perto…vale a pena!)

-texto superatualizado com os ultimos acontecimentos do país e do Mundo

-novos acessórios e figurinos

Inclusive agora o marido Porfirio continua praticando a pedofilia,só que agora usando máscara,numa alusão à destruição que pode acontecer independente do uso dela ou não.Usando máscara palpável ou sem ela visivel no rosto,Porfirio comete o ato criminoso da pedofilia.Nas duas alternativas ele é um mascarado pedófilo.Um mascarado criminoso.

Qual a necessidade então de usar máscaras visiveis se há as invisiveis?E acreditem todas caem,cedo ou tarde.Revelações sempre acontecem e surpreendem…de onde a gente menos espera!Para o bem e para o mal.Sempre os dois lados da mesma moeda.Direita e esquerda.Homem e mulher.É bom que seja assim!

Facínora continua falando tudo de todos.Fala o que quer de quem quer que seja.Ela não deixa passar nada,afasta qualquer possibilidade de cegueira em sua existência…ela agora também abomina a possibilidade de ter filhos,jamais os teve pois jamais os sonhou…opina que eles de nada lhe serviriam,seriam apenas poços de ingratidão.Daqueles que um dia secam e vão embora da vida dos pais,sem sequer se importarem com sua subsistência.Nem todos Facínora…nem todos os filhos são assim…mas ela está revoltada com a bagunça da criançada,todos numerosos filhos do porteiro.Barulho mesmo…expressão deles,do que sentem,ainda que seja sem sentido de orientação alguma!Afinal de contas,alguém os teve mas não os educa.Nem sabe também como fazê-lo!

A moradora Facínora busca por silêncio e não encontra,sente então vontade de cozinhá-los! Quer porque quer jogá-los num grande caldeirão!Essa Facínora…

Já Porfirio também quer botar sua máscara(a invisivel e a visivel) de lado,e agora também ele fala(literalmente)mal de Guerta.Reclama até de sua feiúra.Esta por sua vez continua cada vez mais presa emocionalmente ao casal.

Quando Guerta entenderá que o casal não preza por sua amizade?O casal a despreza.E ela por sua vez continua implorando a atenção de ambos.Acho que Guerta é carentemente cega…já todos nós da platéia estamos enxergando Facínora e Porfirio em 3D,sem máscaras,sem disfarces,estamos na verdade visitando o apartamento do casal.Participando de sua intimidade.

Acontece que adentrar num ambiente tão hostil nos remete à lembranças das mais sombrias…e quem estava lá pode ouvir:

-Saaaaaaaandra

Tremi.Facínora gritou meu nome.Juro que ouvi.

=d> Sandra Sclata

Esse post foi publicado em Entretenimento, Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s