LEMBRA-TE

Também estive lendo o livro “Canção dos povos africanos” de Fernando Paixão, que traduziu a poesia africana de Tolba Phanem.

O livro realmente tem uma linguagem diferente, rimada, meio cordel.O texto leva o leitor a refletir sobre jamais esquecer quem se é.

Antes de fazer qualquer coisa ou de proferir qualquer palavra, lembra-te da tua canção.Lembra-te de onde você veio.

“A liberdade sentida

Ela é fruto do perdão

O erro não é punido

Não há tortura ou prisão

O amor é o responsável

Pela recuperação”

(trecho do livro Canção dos povos africanos)

Tão bonito destacar que “o amor é o responsável pela recuperação”.Será que todo mundo tem mesmo uma canção dentro de si?E se tiver, será que será capaz de lembrar dela?E será que esta canção será capaz de resgatar até o pior ser humano?

∞Patrícia Fields

Esse post foi publicado em Livros, Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s