REVIVENDO

Acabo de ler o livro impresso “Namíbia não!” de Aldri Anunciação – aliás, já falei dessa história aqui neste despretensioso blog, quando assistí à peça de teatro inspirada no livro.

Gostei da história no palco e também gostei dela no livro.

Aproveitei meu tempinho para reviver as cenas, reparar o que mudou e o que não mudou do livro para o teatro…e na verdade só confirmei o que eu já sabia: a de que gostei de Namíbia não!

Costurar Franz Kafka e Castro Alves no meio de uma narrativa e ainda questionar o papel da cultura afro descendente em todos os tempos e o tratamento dado ao ser humano trabalhador é um desafio alcançado em Namíbia não! E por mais que o texto fale de uma medida provisória fictícia e por vezes soe engraçado, eu acho que no fundo, no fundo quando sorrio é de nervoso, afinal algumas semelhanças podem não ser meras coincidências.Do que estou falando?

É que o texto de “Namíbia não!” pode ter razão quando aponta um governo que não quer pagar o dinheiro que ficou devendo aos escravos que trabalharam de graça, me faz lembrar que aqui na realidade temos um governo que toda hora mexe e remexe nas leis trabalhistas brasileiras, como o seguro-desemprego e…dá medo.

Oh!Quem poderá nos salvar?Quem nos salvará quando o departamento social e de segurança tiver que fazer cumprir medidas que nem eu nem você concordamos hein?

Em tempo: Foi lendo o livro que reparei que a relação André e Antonio que apesar de primos, mais parecem irmãos. O modo como eles discutem e falam de tudo…são coisas que só os irmãos-amigos fazem.

#Namíbia não!

Patrícia Fields

Esse post foi publicado em Livros, Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s