Não há para fragilidade…

“Não há para fragilidade da mulher maior orgulho e prazer, do que observar a fragilidade no homem.Vinga-se da tirania do sexo forte.”

(trecho do livro “A Pata da Gazela” de José de Alencar)

 

Esse post foi publicado em Livros, Nosso coração na rima leu, Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s