DESCARTE

As capivaras estão sendo apontadas como responsáveis pela epidemia de febre maculosa.O carrapato que transmite a doença tem a capivara como sua hospedeira.Alguns especialistas pregam que a solução é o abate/morte das capivaras.Mas saiba que esta informação está incompleta.Os passarinhos são capazes de matar o carrapato que causa a doença da febre maculosa.E também existem remédios que podem tratar as capivaras.

Os jumentos no Rio Grande do Norte, estão sendo abandonados nas estradas.Parece que os donos descartam o animal quando ele fica velho e enfraquecido o bastante para não aguentar carregar pesos e cargas.Lá tem um projeto sendo apresentado onde sugere que os jumentos virem comida.Assim eles virariam carne de consumo, como é feito com boi.

As duas soluções, em relação as capivaras e aos jumentos, são chocantes, parecem atitudes desesperadas…será que muita gente concorda com elas?Parece que se tem muito interesse em acabar com os animais.

Essa sensação aumenta a cada noticia…pois em outra parte do Brasil, fachadas espelhadas de prédios atrapalham a visão das aves a ponto delas baterem nas janelas e morrerem na queda.Afinal, as fachadas espelhadas destes prédios serve pra quê mesmo?

Num bairro do RJ, na Barra, moradores temem a presença dos jacarés na região, só que esses jacarés só estão transitando perto dos humanos porque estão fazendo obras perto do habitat deles.A obra avança e os jacarés se aproximam.

Por que a solução é sempre descartar os animais?

Parece que estes casos todos tem muito mais em comum do que a gente pensa.

Patrícia Fields

Anúncios
Esse post foi publicado em Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s