VARIAVEIS

Estive no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB)para assistir a peça “Dona Saudade” de Bernardo Florim,com:Ivone Hofmann,Jaderson Fialho,entre outros atores.

Logo de inicio,na varanda de uma casa,um jovem e uma senhora se detem para conversar sobre o passado que aquela construção prestes a ser demolida carrega em si e também viu esvair-se pelas luas e sóis da praia em frente…Ele relembra um amor de verão,daqueles que não se realizaram nunca,mas mesmo assim nunca são definitivamente enterrados,nem esquecidos…mas são apenas lembranças (boas ou más)de um tempo que já passou e não voltará…jamais.

O jovem ainda pretende registrar tais lembranças do passado em um livro a ser escrito e publicado.A questão é:tem ele um mote inicial e um final para sua estória/história? Ou será ele sufocado por sua obra literária?

A senhora é a própria Dona Saudade,que lembra e cita acontecimentos que nós da plateia,nem temos certeza se realmente aconteceram ou se ela apenas os imagina como fatos reais…devaneios.

Paralelo à varanda,lá nas pedras da praia,uma adolescente espera também por seu amor das férias de verão,como ele não aparece no encontro marcado,ela decide:vai dar cabo de sua própria vida.Mas eis que um adolescente surge e impede o suicidio da Lolita.

Ele flerta com ela,que por sua vez flerta com o jovem escritor.

Relacionamentos variaveis como a onda do mar…com variadas fases como a lua.E a onda do mar sempre acabando levando tudo embora.

Dona Saudade traz tudo de volta…isso é bom ou ruim?

Foi só uma pergunta…eis a questão sobre a mesa.

Sandra Sclata

Esse post foi publicado em Entretenimento, Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s