ATÉ QUE PONTO?

Acabo de ler “A aia” de Eça de Queiroz.
Na trama um reino distante tem um rei,sua rainha e seu filho:herdeiro direto do trono.Paralelo há o irmão do rei,um homem mau que foi banido e que quer tomar de assalto o reino.Precavido e sempre voltando das batalhas vitorioso e com saudades da esposa e de seu herdeiro,o rei sempre reforça a guarda do reino.
O rei teme por seu herdeiro.
E o que ele tanto teme:acontece.Em uma das batalhas,o rei sucumbe e a noticia espalha-se de que o irmão do rei que foi banido no passado,está prestes a voltar e “tomar “o trono.
Mas como se o herdeiro legitimo ainda dorme tranquilo no berço?Numa das alas do castelo ,duas mães tem o coração aflito pelo futuro do rei/reino:
-a rainha com seu herdeiro
-a aia com seu filho
A aia amamenta os dois bebês e cuida de ambos com igual amor e dedicação.Até que ponto um(a)servo pode ser leal?Talvez até a morte se preciso for…
Sandra Sclata

Esse post foi publicado em Livros, Nosso coração na rima leu, Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s