AMOR AMOR

Também li o conto “José Matias” de Eça de Queirós. Nessa história, Eça narra um amor estranho… José Matias simplesmente tem a chance: no jogo do amor ele ganha um bilhete premiado, só que o joga fora. José insiste em permanecer na mesma condição por anos e anos. Nem Elisa, sua amada, e nem ninguém entendeu. Amor de alma e amor carnal precisam estar unidos – assim divaga o autor. Seria este o problema de José Matias?
Cada um que tire sua própria dedução.
Patricia Fields

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros, Nosso coração na rima leu, Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s