A HUMANIDADE

Acabo de ler “Orgulho e Preconceito” de Jane Austen.
Na trama o casal Bennet tem cinco filhas e sonha em casá-las.Mas por toda a trama,há apenas quatro rapazes pretendentes em potencial…enquanto vamos lendo e não sabemos quem vai casar com quem,outras nuances da trama ganham suma importância!
Como um chefe de familia fará para salvar a honra de sua família? Como o orgulho pode aliar-se ao amor de forma equilibrada e assim quebrar preconceito?
Qual tipo de preconceito dói mais?
A trama foi escrita em 1813,mas a humanidade nada(ou pouco) mudou…infelizmente.
Orgulho e Preconceito ainda estão muito presentes em nossos dias…tomara que sejam banidos do nosso futuro.
Sandra Sclata

Esse post foi publicado em Livros, Nosso coração na rima leu, Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s