MOINHO DE VENTO

Acabo de ler “No Moinho” de Eça de Queirós. É uma história com uma narração instigante que não julga e nem justifica seus personagens apenas percorre pela sua psiquê…
No conto “No Moinho”, Maria da Piedade é uma mulher que se casou com José Coutinho, mas não se casou por amor. Como a própria história explica existe muitos motivos que levam um homem e uma mulher se casarem. Nem sempre a motivação do casamento é o amor, o que parece ser um tema muito atual. Maria gostava era de cuidar dos enfermos: o marido, os filhos e só. Tudo estava bem acomodado, até que chega o primo do marido dela Adrião. Adrião é diferente e, a partir daí, dá pra imaginar o que acontece mas não como a história termina.
#euamoler
Patricia Fields

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros, Nosso coração na rima leu, Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s