UMA ANDORINHA

Acabo de ler o livro “O rouxinol e o Imperador da China” de Hans Christian Andersen(que já é famoso por outras histórias). Na história, um imperador faz amizade com um rouxinol. Uma personalidade do poder se afinando com uma personalidade desprovida de ambição. Um rouxinol não se preocupa com o que vai vestir, ou comer, ou onde vai dormir e, no entanto ele mostra ao imperador que tem tudo isso e, que a vida pode ser bela como uma canção. Não precisa ter muito pra viver intensamente. Esse encontro traz um final pra lá de poético… É uma das melhores histórias de Hans.
#tenhoumaandorinhacomoamiga
Patricia Fields

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros, Música, Nosso coração na rima leu, Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s