BREVE TEMPO

💌Acabo de ler “O defunto”,conto de Eça de Queiroz.
Na trama uma jovem é casada com um fidalgo de idade avançada. Rico e respeitado por toda região, é senhor de seu palacete e de sua jovem esposa. Cônscio do par de anos que os separa,seu ciúme por ela,é crescente.O fidalgo marido desconfia de tudo e de todos.
A jovem esposa só sai acompanhada,e assim mesmo só tem permissão para ir à igreja.Lá deve rezar pelos pecados e rogos do casal.
Tudo caminha bem para ele,se não por um vizinho recém chegado,que insiste em lançar olhares para sua jovem esposa.Irado por ciúmes, decide-se mudar pra bem longe de seu suposto rival.
Morando no campo, os dias do casal voltam a ser tranquilos.Mas passado um breve tempo, o fantasma do ciúme volta a rondar o fidalgo rico.
O rival em questão, lembra-se da bela jovem casada que sempre avistava rezando na igreja.Ela sempre tão absorta em seus rogos e preces,nunca correspondia seu olhar admirador.Cobiçoso.
Nunca sequer o cumprimentara.
Ela partira para o campo acompanhando seu marido;sem saber de suas intenções.Mas uma missiva vai mudar toda esta trama de outro mundo…
#classicodaliteratura
#euamoler

Sandra Sclata

Esse post foi publicado em Livros, Nosso coração na rima leu, Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s