DOIDINHA

Assisti à peça “Doidas e Santas” com Cissa Guimarães, Giuseppe Oristanio, e Josie Antello no teatro SESI. E na história, Cissa Guimarães é Beatriz que está as voltas com uma crise existencial, ela precisa saber o que quer de fato na vida. Ela resolve se separar do marido(Giuseppe Oristanio)…será que esta é a tal mudança que sua vida precisa? Parece uma regra: a maioria das mulheres do mundo correm pra casar e pra ter filhos, antes mesmo de exercer uma profissão, de estudar, com medo de ficarem “encalhadas”…algumas já nascem procurando marido, prometidas a algum menino. E com isso, só procuram se conhecer, depois do casamento, depois do nascimento de um filho, e a maioria descobre que queria um pouco mais da vida. Quem corre pra casar e ter filho, é uma mulher considerada normal para a sociedade, uma santa! Quem fica solteira como a irmã de Beatriz(Josie Antello) na peça, viajando pelo mundo, ou trabalhando como as duas irmãs trabalham é considerada fora do normal pela sociedade, são doidas!
#doidasesantas
Patricia Fields

Esse post foi publicado em Entretenimento, Livros, Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s