VERDE QUE TE QUERO VER-TE

Assisti, incrédula, a cerimônia de abertura dos jogos olímpicos Rio 2016. Não gostei dos triciclos que conduziam o nome dos países, me lembrou pedaladas fiscais😥 argh! e tampouco vi necessidade de desfile(???). Mas a cerimônia acertou em cheio ao falar do compromisso de diminuição das emissões de carbono. Um único acerto compensou uma série de eventos que não empolgaram…pare pra pensar: e se faltasse luz? Se faltasse luz na cerimônia de abertura parte das apresentações que achamos bonita não existiriam, não estariam lá. Uma limitação curiosa para um evento que tratou de uso sustentável de energia, né não? Apesar disso, esta Olimpíada vai ficar conhecida como Olimpíada Verde.
É assim que vou apelidar este evento: olimpíada verde.
Pela primeira vez, os atletas tiveram o que fazer, além de tirar fotos, depois da entrada de sua delegação: plantar. Espero que estas plantas não sumam como as vigas(ah, deixa pra lá,isso é outra história).
Mais dois momentos emocionaram: nossa linda bandeira entrando a frente da delegação; não houve nessa noite uma bandeira que tremulasse mais que a nossa.
A tocha olímpica que virou Sol, depois de ser conduzida pelos emocionados Guga e Hortência, também foi muito significativo…talvez queira dizer que o sol há de brilhar mais uma vez. Nosso Brasil ainda tem salvação.
#FlorestaDosAtletas
#CerimoniaDeAbertura
#OlimpicGames
#BRA
#Rio2016
Patricia Fields

Esse post foi publicado em DATAS COMEMORATIVAS, Jogos, Notícias e política, Organizações. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s