TAVA MEDITANDO E A ÚLTIMA COISA QUE OUVI,ANTES DE CAPOTAR:1520

🎭Assisti a peça “Fluxorama” de Jô Bilac,com:Deborah Evelyn, Luiz Henrique Nogueira,Marjorie Estiano e Emilio de Mello.
Na peça, quatro personagens apresentam seus dramas separadamente:
-uma mulher que vai perdendo os cinco sentidos,
-um cara faz retrospectiva da própria vida ao capotar no carro
-uma maratonista luta pra cruzar a linha de chegada
-um cara tenta meditar mesmo com a obra interminável do vizinho e outros percalços do cotidiano
Cada qual mostrando seus altos & baixos,e tendo como pano de fundo:nossa nada mole vida…não é fácil ser “pega” de surpresa e disfarçar,também não é fácil “temer” uma queda…a gente não deve desistir de correr.
Acelera…recua…mas não pare.Vá no seu ritmo.
Tentar meditar é uma das melhores estratégias pra driblar os obstáculos…porque a obra do vizinho jamais terminará!
Não deixemos que a obra alheia nos perturbe o sossêgo. Nosso ser merece seguir seu percurso no fluxo…
Com ou sem drama.
Faça uma retrospectiva da sua vida,antes de capotar.
#eufuiaoCCBB

Sandra Sclata

Esse post foi publicado em Entretenimento, FILME, Notícias e política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s